Sem categoria

A crise dos 3 meses na amamentação

Segundo o pediatra espanhol Carlos Gonzalez, em seu livro “Meu filho não come!“, é muito comum chegar perto dos 3 meses do bebê e a mãe reclamar que:

  • O bebê que antes mamava em dez minutos ou mais, agora acaba em 5 minutos ou menos;
  • O peito, que antes ficava inchado, agora está macio;
  • O leite que vazava do seio não vaza mais;
  • O ganho de peso é cada vez mais lento.

Ainda, segundo ele, todas essas reclamações são completamente normais. Principalmente se o aleitamento é exclusivo e em livre demanda.

Por volta dos 3 meses, a maioria dos bebês costuma adquirir já muita prática para mamar e por isso se satisfazem mais rápido, dando a falsa impressão de que estão mamando menos.

Ao mesmo tempo, o inchaço e o vazamento ocorrem enquanto o corpo da mulher ainda está aprendendo qual seria a quantidade ideal de produção, conforme a demanda do próprio bebê. Isso significa que ela não está com pouco leite, mas sim com a quantidade exata que o seu filho precisa.

Com relação ao ganho de peso, é realmente esperado que ele seja cada vez mais lento. Segundo Carlos Gonzalez: “Os bebês engordam a cada mês um pouco menos que no mês anterior. Por isso as curvas de peso são curvas, senão seriam retas.”

Portanto, não se assuste se por volta dos 3 meses você vivenciar essas questões. Provavelmente estará tudo bem, mas não deixe de conversar com o seu pediatra caso você esteja preocupada.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *