Sem categoria

Você sabe o que é violência pediátrica?

A cena é clássica: Logo que o bebê nasce, imediatamente o cordão umbilical é cortado, o médico segura como um troféu o recém-nascido pelo seu tornozelo de cabeça para baixo e, caso não chore, ainda dá tapinhas em seu bumbum para então vir o choro. Em seguida ele vai direto ser examinado sem direito de colo e de ser acolhido por seu porto-seguro: a mãe.

Qual a necessidade de receber uma pessoinha tão frágil de uma forma tão dessensibilizada? Muitas das práticas que envolvem a chegada do recém-nascido são feitas de forma automática e sem necessidade:

Não esperar o cordão umbilical parar de pulsar para cortar

O momento ideal para o clampeamento é quando a circulação do cordão cessou e ele está achatado e sem pulso (ocorre normalmente 3 minutos após o nascimento). Como benefícios para essa prática, podemos citar: duas fontes de oxigênio, mais sangue para o pulmão e a formação de uma reserva de ferro para o bebê.

Dar tapas com a finalidade de fazer o bebê chorar

Não existe absolutamente nenhuma justificativa para agredir um bebê.

Aspirar as vias aéreas do bebê de forma indiscriminada

Se o bebê está respirando normalmente, não há nenhuma necessidade de ele ser aspirado. A prática causa muita dor e desconforto para o recém-nascido.

Aplicar colírio de nitrato de prata nos olhos do bebê de forma indiscriminada

A aplicação do colírio é realizada para prevenir uma infecção causada pela bactéria Gonococo, que pode ser transmitida através do contato com a vagina de uma mulher com gonorreia. Isso significa que caso a mãe não tenha gonorreia ou caso o parto seja por cesariana, não existe uma real justificativa para o seu uso. As gotas do nitrato de prata ardem e podem, inclusive, causar uma conjuntivite química no olhos frágeis do bebê.

Dar banho para remover o vérnix caseoso

Vérnix não é sujeira! É inclusive recomendado que o primeiro banho seja realizado no mínimo após 24 horas do nascimento, pois a camada protege e hidrata a pele sensível do bebê.

Ter a primeira amamentação adiada sem necessidade

Estando tudo bem, o bebê deve ser amamentado na primeira hora de vida, mesmo em casos de cesárea. Os primeiros exames podem ser feitos no colo da mãe e suas medidas também podem tranquilamente ser aferidas após essa chamada “hora de ouro”.

Ser aquecido em incubadora sem necessidade

Estando tudo bem, o ideal é que o bebê seja aquecido diretamente pelo corpo da mãe através do contato pele a pele.

Existem ainda outras práticas que quando feitas sem nenhuma justificativa médica são consideradas violências pediátricas, como: ser alimentado com mamadeira de soro glicosado ou leites artificiais antes da primeira mamada (o que pode prejudicar a amamentação e predispor o bebê a alergias), ter o conteúdo gástrico aspirado, ter uma sonda introduzida no ânus do bebê, entra outras.

Para tentar evitar que seu filho sofra violências pediátricas, converse previamente com seu pediatra para combinar os procedimentos a serem feitos após o nascimento e registre as suas preferências em seu plano de parto.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *