Sem categoria

Trilogia “O Renascimento do Parto”

Se você deseja ter um parto normal, uma trilogia obrigatória para ser assistida é “O Renascimento do Parto” no Netflix.

O documentário mostra abertamente a violência obstétrica que muitas mães passam e que muitas vezes sequer têm conhecimento disso. Protocolos considerados rotineiros em muitas Maternidades que não apresentem fundamento científico nenhum, mas que trazem enormes prejuízos à saúde fisica e emocional da mulher como:

  • Episiotomia (corte feito para “facilitar” a descida do bebê),
  • Ponto do marido (feito para deixar a vagina mais apertada e assim mais “prazerosa” ao homem),
  • Manobra de Kristeller (técnica em que a barriga da mulher é pressionada durante o trabalho de parto para “ajudar” a empurrar o bebê para fora).

Entre muitas outras práticas absurdas e que ainda são feitas diariamente em nossos hospitais.

Ao longo dos 3 filmes também vemos como funciona a indústria da cesárea no Brasil e inclusive como o nosso país consegue estar em segundo lugar no ranking mundial de países com maior percentual de partos realizados por cesárea do mundo, atrás somente da República Dominicana. Enquanto a recomendação da Organização Mundial de Saúde é de que a porcentagem de cesarianas varie entre 10 e 15%, no Brasil essa estatística é da ordem de 55,5%, sendo que na rede privada esse percentual chega a incríveis 90%.

Por fim, o documentário mostra também como a via de nascimento acaba determinando muitas coisas em nossas vidas.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *