Sem categoria

Sobre a chegada de um bebê mais novo

Quando já se tem um filho, a chegada de um irmão mais novo pode ser um momento muito intenso e desafiador para o mais velho. Ele deixa de ter toda aquela atenção voltada para ele e passa a ter de dividir com um bebê que até então só existia na imaginação. Essa transição pode ser muito intensa para algumas crianças, mas existem algumas formas de amenizar o processo. Vou contar o que funcionou bem com a nossa família.

Tente sempre chamar o mais velho para interagir com o mais novo. Chame ele para ajudar na troca de fraldas e no banho, por exemplo.

Quando for brincar com o mais velho, leve o mais novo para pelo menos ficar junto. No início eles costumam não entender porque o irmão já não chegou “pronto” para brincar com eles e podem se sentir bem frustrados. O meu mais velho chegou a perguntar “Por que ela só chora? Por que ela não pode brincar de bola comigo na varanda?”. Mas conforme o tempo vai passando é delicioso perceber eles começando a interagir.

Tente ter pelo menos ter uns minutinhos do dia para dar uma atenção plena e exclusiva ao mais velho. Eu costumava deixar a mais nova com o pai e saía um pouco com ele para tomar um picolé, açaí ou andar de velocípede.

Tente entender essa mudança tão abrupta na vida do seu filho e tente ter paciência. É normal ele ter algumas atitudes mais infantis, afinal ele ainda é uma criança que está aprendendo como expressar o que está sentindo. Converse sobre os sentimentos dele. Diga que ele ainda é e sempre será muito amado.

Não se esqueça de que ele é apenas uma criança querendo atenção, mesmo que pareça tão gigante perto do bebê mais novo.

Dê amor, acolhimento e segurança. Com paciência tudo vai se ajeitando e vai fazendo sentido.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *