Sem categoria

4 motivos para não carregar o bebê virado para frente

É muito como vermos pais e mães carregando seus bebês de frente em cangurus e slings, porém essa posição NÃO É RECOMENDADA. Nesse post vou dar 4 motivos para essa restrição:

1 – Ela impede o contato visual entre o carregador e o bebê diminuindo significativamente a interação entre os dois;

2 – Faz pressão na área genital do bebê, o que além de ser incômodo pode ser prejudicial principalmente aos meninos. O peso do corpo deve estar concentrado no bumbum e não nessa área.

3 – Não dá suporte à cabeça ou ao pescoço do bebê podendo, assim, comprometer suas vias respiratórias (mesmo quando eles já apresentam um certo controle do pescoço).

4 – A criança fica literalmente pendurada sem respeitar a curvatura natural de suas costas.

Carregar o bebê virado para para frente, portanto, pode gerar grandes prejuízos. Qual é a forma correta então? É a que ele fica acomodado em posição de sapinho, ou seja, com os joelhos mais altos que o seu quadril. Assim, suas pernas não ficam penduradas e seu peso é distribuído de forma adequada. Para ilustrar a posição, uma foto nossa com a mochila evolutiva da Dona Chica Slingueria:

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *