Sem categoria

Introdução Alimentar – como deve ser a apresentação da comida

Atualmente não se recomenda mais a introdução alimentar na forma de papinhas porque elas privam a criança de experimentar as texturas e sabores originais de cada alimento. Inclusive o ideal é que cada um deles seja oferecido de forma individual, ou seja, sem estarem misturados.

Como deve ser feita a apresentação então? Segundo o livro “Comida de bebê: uma introdução a comida de verdade” da Rita Lobo, ela deve ser:

6 meses – a comida deve bem amassadinha.

7 meses – a comida já pode ter uma forma de purê rústico com pedaços não tão amassados.

9 meses – a comida já pode ser servida em pedaços inteiros, porém bem macios.

12 meses – a comida já pode ter a textura próxima da refeição do restante da família.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *