Sem categoria

Por que devemos investir dinheiro para o futuro de nossos filhos?

É da nossa natureza tender a focar no presente pois não “sabemos se estaremos vivos amanhã”. Com a chegada de um novo membro na família, porém, os pais muitas vezes começam a fazer planos de montar uma “poupança” para seus filhos, mas esbarram na falta de conhecimento sobre o assunto e na dificuldade de juntar esse dinheiro. Com isso, o plano nunca vira realidade e fica apenas no campo do sonho.

O objetivo de conseguir juntar um determinado valor para o futuro do seu filho é poder proporcionar a ele, com margem de segurança, um maior leque de opções para o ingresso na vida adulta. Ele pode ter a liberdade de escolher, por exemplo:

1 – Cursar uma faculdade fora de seu estado ou até mesmo de seu país;

2- Fazer um intercâmbio para desenvolver melhor uma segunda língua;

3 – Usar o valor como capital inicial para um projeto de negócio;

4 – Não mexer no dinheiro e apenas deixar aplicado para uma futura aposentadoria.

São inúmeras opções que devem ser estudadas e discutidas em conjunto, pois a ideia não é entregar esse dinheiro como presente de 18 anos ao seu filho e ele ter total autonomia para decidir o que fazer. É importante ter em mente que a decisão final deve ser dos pais, mas respeitando na medida do possível a escolha do filho.

Agora, você sabe a diferença entre juntar e investir? Vamos supor que você consiga juntar um total de R$100,00 todos os meses até os 18 anos do seu filho. Se você simplesmente acumular esse dinheiro sem investir, você consegue ao final desse período R$ 21.700,00. Por outro lado, se você decidir aplicar esse valor, por exemplo, no investimento considerado mais seguro do Brasil (Tesouro Selic a 2,25% ao ano), esse valor já sobe para R$ 26.057,23, já descontado o Imposto de Renda. Percebeu que são mais de R$4.000,00 a mais? E essa diferença fica maior ainda quando aumentamos o valor aplicado e quando variamos o tipo de investimento, porém com ele ainda sendo de caráter conservador como um Título do Tesouro Direto IPCA+.

Precisamos conversar sobre a importância do dinheiro e como ele impacta o futuro financeiro de nossos filhos.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *