Sem categoria

A origem da palavra “disciplina”

A palavra “disciplina” tem sua origem no latim e até o século 11 significava ensinar, aprender e dar instruções. Sua raiz vem de “discípulo” que, por sua vez, significa aluno, pupilo, aprendiz. Hoje em dia, porém, ela está fortemente associada a obediência, punições e castigos. Precisamos resgatar seu sentido original na educação de nossos filhos.

Muitas vezes estamos concentrados com algum problema e nosso filho pequeno tenta chamar nossa atenção e não consegue. Ao se sentir frustrado, sua reação imediata é dar um tapa em nossas costas. Em ocasiões como essa tendemos a puni-lo imediatamente com broncas, castigos, olhares enviesados e às vezes até mesmo com tapas. Achamos, erroneamente, que ao agir dessa forma eles entenderão e não cometerão mais o mesmo erro. De fato, no momento da punição interrompemos o comportamento errado no curto prazo daquele momento, mas perdemos a oportunidade de conversar e trabalhar conceitos que tendem a durar uma vida inteira. Afinal, nosso filho pequeno não sabia como lidar com a frustração que estava sentindo. Ele não nasceu com essa habilidade e, portanto, ele precisa da nossa paciência e compreensão para aprender e não de uma educação com base no medo.

Segundo os autores de “Disciplina sem drama”, precisamos “repensar o que a disciplina realmente significa, recuperando a palavra como um termo que não signifique punição ou controle, e sim ensinamento e construção de habilidades – e de fazer isso com amor, respeito e conexão emocional”.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *