Sem categoria

Livro obrigatório para toda mamãe! – 60 Dias de Neblina

É mamãe e ainda não leu o livro 60 Dias De Neblina? Se dê um de presente! Conhece uma mamãe e não sabe o que dar de presente a ela? Compre esse livro! Vai visitar uma mamãe e seu bebê recém nascido? Leve esse livro de presente!

Ainda grávida, ao mergulhar de cabeça no mundo da maternidade tive a felicidade de descobrir a Rafael Carvalho no Instagram: rafaelacarvalhoescritora.

Na opinião da mamãe aqui, os textos dela são de uma delicadeza única. Eles são recheados de emoção e pincelados com um tom de humor que te fazem rir e chorar ao mesmo tempo. Ela passeia por todo o tema maternidade real desde a gestação, parto, puerpério, amamentação, sexo pós filhos, entre muitos outros assuntos. Detalhe para o fato de que ela é mãe de 4 filhos com idades que vão desde um filho adolescente até um que ainda não tem nem 2 anos, então dá pra imaginar a quantidade de histórias que ela tem pra contar…

Nas palavras da própria autora sobre o livro: “Uma coletânea de textos, palavras que narram o auê do cotidiano, o rir para não chorar, o amor que tira e coloca o chão, as gargalhadas sinceras, as frustrações que descem com o café já gelado. A perfeita bagunça de sentimentos que habita o coração de toda mãe. Um livro sobre você, sobre mim, sobre a mãe que você esbarra na fila do caixa do mercado. Um livro sobre nós, e sobre esta jornada enlouquecedora, incrível que é a maternidade.”

Diversos textos do livro me marcaram de uma forma profunda e me fazem refletir me dando muita força nos momentos de dificuldade (que, não se engane, são MUITOS!). Quer um exemplo?

“Você nunca mais será amada dessa forma.
Leia mais uma vez. Deixe a frase ancorar, fazer sentido.
Você nunca mais será amada dessa forma.
A incessante necessidade do toque, do contato físico. Acaba.
O constante chamar, o querer dividir todas as mais simples, minúsculas coisas:
“Olha o que eu consigo fazer, mamãe!”.
Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
O cobrir todas as noites antes de dormir, os pezinhos que te escalam durante as refeições, os beijos molhados pós-banho. Isso acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
[…]
Os sanduíches às sete da manhã de domingo, os desenhos debaixo das cobertas, o abraço na madrugada após um pesadelo, o contar histórias. Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
Esse amor, a vontade de estar tão perto que às vezes nos sufoca. Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.”

(Texto retirado e adaptado do livro “60 Dias De Neblina” de Rafaela Carvalho)

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *